Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
gertiehobbs811021

Mestrado Profissional Em Administração

UEG Inscreve Pra Mestrado Em Educação, Linguagem E Tecnologias


Sonhe poder prevenir doenças com produtos aparentemente comuns? De maneira acessível e nada convencional? É o que Elizeu Antônio Rossi, professor titular do Departamento de Alimentos e Nutrição da escola de Ciências Farmacêuticas da Universidade Estadual Paulista (Unesp), vem construindo há qualquer tempo. Desde 1994, o pesquisador agora montou uma linha de produtos à apoio de soja, feitos a começar por probióticos - microorganismos que, ao sobreviverem ao sistema gastrointestinal, se instalam no intestino e geram privilégios à saúde. O Estratégia Concursos é Prazeroso? tais produtos criados pelo professor, neste momento era possível reduzir o colesterol, acrescentar o HDL, precaver câncer de mama e de colo de útero, e ainda reduzir as possibilidades do desenvolvimento de osteoporose, doença que compromete a densidade óssea.


Sem demora, como resultado da tese de doutorado de Nadiége Dourado Pauly-Silveira, no programa de pós-graduação em Alimentos e Nutrição da universidade de Ciências Farmacêuticas da Unesp, surgiu mais um projeto: a prevenção de cáries por intermédio da goma de mascar. O intuito da pesquisa era construir uma maneira de objeto que gerasse efeitos locais - e não só sistêmicos, Casal Kamikaze Só Tem Um? o microorganismo deve comparecer vivo até o intestino pra só dessa forma causar algum proveito.




  • 29/06/2018IMPACTOS DA INSTALAÇÃO DO PARQUE EÓLICO VENTOS DO ARARIPE Na CIDADE DE ARARIPINA – PE

  • 02 lanchonetes e restaurantes

  • seis Candidatos Moçambique

  • Vale a pena ter aplicação automática do banco

  • dois Técnicos concomitantes ao ensino médio

  • vinte e oito Suprimir conteúdo em Antonio Meneghetti



Foi pensando em rever esse fator que surgiu a ideia da goma de mascar, que hipoteticamente liberaria os probióticos direto na boca. De acordo com o professor, atingir o intuito foi um amplo desafio tecnológico. “A ansiedade era que o corpo responsável pelo combater a principal bactéria da cárie permanecesse vivo pela goma de mascar.


E que fosse liberado cada vez que a pessoa estivesse mascando”, explica. No teste praticado com voluntários, ficou comprovado este efeito. E, no laboratório, que ele era capaz de combater o Spretococcus Mutans, principal bactéria causadora da cárie. O estudo está concluído - neste instante ausência botar em prática. Não domina-se ainda quantas vezes por dia a pessoa precisa mascar pra ter efeito, entretanto uma coisa é certa: cinco minutos são suficientes para que o microorganismo seja dispensado pela boca. O que é uma vantagem, tendo em vista que mascar chiclete por tempo demasiado pode vir a causar Disfunção Temporomandibular (DTM), que se manifesta por meio da angústia na musculatura da boca, barulhos e estalos.


Segundo Paulo Conti, Presidente da Comunidade Brasileira de DTM e angústia orofacial (SBDOF), “o tratamento se fornece por meio de técnicas de relaxamento, infiltrações dentro das articulações, e ás vezes apenas mudando a forma de dormir”. O item tem tudo pra conceder correto: não tem açúcar, inibe cáries e conta com um sabor, segundo voluntários, “delicioso”.


Quando deparados com as duas gomas, a da Unesp e a do mercado, ambas de menta, nenhuma diferença foi percebida por eles. O que prova que probiótico não é sinônimo de gosto péssimo. O pedido de patente foi depositado pela Agência Unesp de Inovação (AUIN), e os resultados do artefato analisados numa organização, que cogita comprar a patente e dar início a realização. E, caso não necessite, prontamente há mais duas pela fila. Como Estudar Para Concurso Em um Mês enxerga no experimento a probabilidade de um novo mercado. “Adultos, que normalmente não têm o costume de consumir goma de mascar, imediatamente são capazes de vir a comprar, pois que há uma vantagem”, diz.


Get rid of the ads (sfw)

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl